Nada provoca tanta revolta no seio da burguesia como a revolta no seio dos trabalhadores. A internacional dos estivadores.

by bloqueioportolx

«Chegados ao parlamento [29 de Novembro 2012], os estivadores encontraram uma concentração de protesto da Associação de Empresas de Diversão (feirantes), que incluía uma caravela de piratas a fazer de baloiço, pipocas, matraquilhos e uma potente instalação sonora. Apesar do contingente policial ali presente, do rebentamento de numerosos petardos e de diversos manifestantes terem a cara tapada com lenços e passa-montanhas, o ambiente esteve sempre tranquilo. Após um curto discurso do presidente do Sindicato, Vítor Dias, seguido da leitura de mensagens de apoio e solidariedade vindas de diversos portos europeus e sul-americanos, uma delegação entrou no edifício para reunir com a Presidente da Assembleia da República. Cá fora o entusiasmo não esmoreceu e, ao fim de uma hora, o convívio entre trabalhadores portuários de toda a Europa culminou num comboio aos círculos ao som de Quim Barreiros, enquanto estivadores suecos defrontavam os seus congéneres cipriotas na mesa de matraquilhos e estivadores belgas e dinamarqueses procediam a uma degustação de cerveja portuguesa, contrariando cabalmente aqueles que dizem que a greve nos portos afecta o escoamento da produção nacional.

Definitivamente, a luta no sector portuário assemelha-se pouco aos protestos que costumam ser organizados pela Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP), cujos poucos representantes presentes permaneceram extremamente discretos. Não se encontra aqui nenhum dos processos ritualizados a que nos tem habituado o movimento sindical: o discurso ao microfone foi curto, conciso e limitado ao essencial, a iniciativa nunca passou dos representados para os representantes, a dimensão internacional do conflito foi diversas vezes sublinhada, a ênfase no combate à precariedade e na solidariedade entre trabalhadores foi notória e, finalmente, os outros movimentos sociais e indivíduos que acorreram para se solidarizarem foram recebidos com simpatia, mesmo se os acontecimentos recentes motivaram cautelas adicionais. »

Ler mais aqui.

Anúncios